Qual a diferença entre os uísques? E quais são os mais vendidos no mundo

Qual a diferença entre os uísques? E quais são os mais vendidos no mundo

Eles fazem parte da história em diversos segmentos: na literatura, na música, no teatro, no cinema. Em termos de divulgação, essa bebida já é um verdadeiro patrimônio, mas, você sabe dizer qual a diferença entre os uísques?

Essa é a missão deste artigo do Blog da CMV: trazer características que diferenciam um estilo do outro e, ainda, saber quais os uísques mais vendidos no mundo.

Vamos trabalhar essa narrativa desde o início para que vocês possam informar, com totalidade, as características dos principais rótulos do seu estabelecimento.

Qual a história do uísque

Existem algumas dúvidas e outros tantos mistérios quanto à origem a bebida. No entanto, para saber a diferença entre os uísques, é fundamental saber de onde ele veio.

O local é, provavelmente, algum ponto entre a Irlanda e a Escócia e o período é o século XV. Aí estão os primeiros registros. A localização geográfica contribuiu, inclusive, para desmitificar o nome do produto: uísque vem de uma expressão em gaélico, e significa “água da vida”.

No entanto é apenas nos anos 1830 que esse produto, já recebendo os avanços dos métodos de destilação, passa a receber os ingredientes e categorias que carrega até os dias de hoje – bem como o surgimento de suas principais definições.

A diferença entre os uísques

Vamos enumerar aqui os principais gêneros de uísques presentes no mercado brasileiro e explicar, em linhas gerais, as suas diferenças – marcadas quase sempre pelas características do processo de produção.

Scotch Whisky

Como já vimos anteriormente, a Escócia é o berço do uísque e, sendo assim, para fazer parte da categoria Scotch Whisky é fundamental a participação da terra natal.

Para ser classificada com essa denominação, é preciso que os processos de destilação e maturação tenham ocorrido em terras escocesas, sendo esse último ato com mínimo de três anos.

Exemplos: J&B, Chivas Regal, Johnnie Walker, etc.

Uísque Bourbon e Tennessee

Agora os holofotes deixam a Europa e passam para os Estados Unidos. O uísque bourbon é um destilado com pelo menos 51% de sua composição feita de milho e amadurecimento em barril de carvalho.

O estilo Tennessee é bem parecido com o bourbon, ao menos em parte no processo. O que muda é, justamente, a hora de deixar o uísque maturando – onde ele é filtrado em um melaço que proporciona um sabor característico.

Exemplos: Wild Turkey (Bourbon), Jack Daniel’s (Tennessee), etc.

Irish Whiskey

Como o próprio nome já diz, trata-se de uma bebida que tem seus processos conduzidos na Irlanda e tem como característica a utilização da cevada não defumada nem tostada.

Destilado três vezes, compõe um uísque suave e com uma doçura acentuada.

Exemplos: Jameson, Tullamore Dew, etc.

Existem ainda outras modalidades de uísque, conforme listagem nessa reportagem da Vogue Brasil.

Quais os uísques mais vendidos no mundo

De acordo com listagem publicada na Revista Forbes e que contempla 25 marcas, selecionamos os cinco primeiros rótulos consumidos ao redor do mundo.

Anote aí:

5º – Johnnie Walker (Diageo);

4º – Royal Stag Whisky (Pernod Ricard);

3º – Imperial Blue (Pernod Ricard);

2º – McDowell’s (Diageo);

1º – Officer’s Choice (Allied Blenders and Distillers).

Detalhe interessante: do primeiro ao quarto lugar em vendas, todas as marcas são da Índia.

Leia mais dicas sobre estabelecimentos, produtos e tecnologia para o segmento de bares e restaurantes no site da CMV.