Longevidade: os mais antigos restaurantes de São Paulo

Longevidade: os mais antigos restaurantes de São Paulo

Poucas sensações são tão gratificantes quanto sentar em um estabelecimento, ser bem atendido e saborear uma deliciosa refeição. E esse sentimento chega ao extremo quando se percebe que, o mesmo lugar, já serviu muito bem por gerações e gerações no passado.

É sob essa vibe positiva que se constrói a longevidade de uma casa – e, por isso, vamos falar sobre os mais antigos restaurantes de São Paulo.

Qual a localização, quais as características do ambiente, que tipo de culinária ele serve por tantas décadas?

Esses serão os materiais que vamos trabalhar nessa viagem ao passado do Blog da CMV.

Você tem um estabelecimento? Quer saber qual o segredo para a longevidade? Inspire-se nesses que são talvez os mais antigos restaurantes de São Paulo e pegue boas sugestões.

Restaurantes mais antigos de São Paulo

Carlino

O restaurante Carlino não esteve sempre no mesmo lugar. Mas defende com muito orgulho o título de ser, provavelmente, o mais antigo da capital paulista. Foi fundado em 1881 e, desde então, concentra-se em servir o melhor da culinária italiana.

Para ser mais exato, leva as receitas da cozinha toscana. Fruto da herança de seu fundador, o toscano Carlo Cechinni.

Atualmente está na Rua Epitácio Pessoa, 85, na Vila Buarque.

O gato que ri

Nesse simpático restaurante italiano do centro de São Paulo não é apenas o gato que ri… O cardápio é variado, saboroso e costuma arrancar sorrisos dos clientes.

É uma casa em atividade desde 1951 e traz pratos bastante famosos que atravessam décadas como a lasanha e nhoque – sem citar o tradicional e delicioso pudim de leite.

Está há mais de 50 anos no Largo do Arouche, 37/41, na República.

Bar Brahma

O nome é bar, mas serve um belo almoço!

Isso sem falar em toda a história boêmia e os sucessos da música da noite paulista e brasileira que arrebatou. O Bar Brahma é uma mistura de bar, restaurante, casa de shows e ponto turístico, desde 1948.

Ideal para observar o movimento da esquina famosa da música (da Ipiranga com a São João) e ainda beber aquele chopp gelado.

Está na Avenida São João, 677.

Bar Estadão

Espere aí, Estadão não é o nome do jornal? Pois é exatamente esse o motivo do batismo, a região onde se encontra, tradicionalmente, ficava de frente para a sede de diversos jornais com o passar dos anos – inclusive, de O Estado de S. Paulo.

Como jornalismo não tem parada, nada mais sugestivo que uma lanchonete 24 horas, que funciona de domingo a domingo.

Desde 1968 oferece pratos do dia muito bem servidos e, é claro, seu internacionalmente conhecido sanduíche de pernil.

Está no Viaduto Nove de Julho, 193.

São anos, décadas e, até mesmo, um século de funcionamento que marcam algumas dessas histórias. São Paulo oferece, certamente, outros tantos estabelecimentos antigos e em pleno funcionamento.

Digamos que essa foi, apenas, uma degustação!

Confira o site da CMV para ter mais dicas e artigos sobre bares e restaurantes.