Conheça as tendências em alimentação para o ano de 2020

Conheça as tendências em alimentação para o ano de 2020

Quais os tipos de produtos e tendências em alimentação para o ano que se inicia – desde “carne” vegetal, passando para novidades nos setores de drinques.

 

Como sabemos, o mercado de bares e restaurantes costuma ser um reflexo de boas práticas que estão dando certo – seja num espectro nacional quanto mundial.

Foi assim com diversas ideias, como o rodízio, o modelo self-service, as porções no rechaud etc.

Hoje, o Blog da CMV faz uma análise macro sobre as propostas que representam as tendências em alimentação para o ano de 2020.

Acompanhe um pouco mais essas soluções globais e tenha a chance de antecipar no seu negócio as novas ondas, que estão agitando o mercado em atratividade e bons retornos financeiros.

Tendências em alimentação para 2020

Quem é a autoridade capaz de dizer o que é ou não tendência em alimentação ao redor do mundo? Nesse caso, a fonte é a consultoria em gastronomia Baum + Whiteman, que produziu relatório recente.

Selecionamos alguns pontos do documento, acompanhe.

Carne vegetal

Certamente, você já deve ter ouvido falar desse conceito. Trata-se do mercado de proteínas com produção industrializada, mantendo em sua composição apenas compostos de origem vegetal.

Há uma visão ideológica no crescimento desse tipo de produto como opção de mercado. Notem que, recentemente, grandes franquias internacionais como Burger King, McDonald’s e KFC já apostam nessas alternativas em algumas de suas praças.

Esse caminho trilhado corresponde a uma visão de que o consumo da proteína animal não é nem sustentável nem politicamente correto aos olhos do público.

Híbridos

Apesar do forte apelo ambiental da proposta, não são todos os consumidores que já pretendem aderir à carne vegetal de uma só vez.

Pensando nesse público em transição, estão sendo desenvolvidos produtos híbridos, que são um blend entre carne e vegetais, presentes em embutidos, com a salsicha, por exemplo. É uma indústria que está se adequando a todos os tipos de clientes.

Drinques fake

Da mesma maneira que uma visão mais consciente de sustentabilidade tem norteado o consumo da chamada carne vegetal, esse fenômeno também se repete nas bebidas como tendências em alimentação.

O público millennial, por sua vez, ao menos nos Estados Unidos, tem demonstrado uma inclinação à redução do consumo de álcool.

Sendo assim, em uma onda que sofre, até mesmo, influência das fotografias em redes sociais, alguns bares estão investindo em bebidas falsas, “de mentirinha”.

São garrafas, latas e copos que simulam uísque, vodka, vinho, gim etc.

No entanto, o mesmo relatório alerta para que essa fase seja aproveitada com rapidez pelo dono do negócio, já que pode ser passageira.

 

Gostou das tendências em alimentação para 2020? Acesse o Blog da CMV para mais notícias e análises sobre o mercado de bares e restaurantes.