Afinal, o inverno é bom ou ruim para restaurantes?

Afinal, o inverno é bom ou ruim para restaurantes?

As temperaturas já estão mais baixas em grande parte do Brasil – em áreas da região Sul, por exemplo, os termômetros já se aproximam de zero grau!

Diante do frio que surge com tudo, fica a dúvida: afinal, o inverno é bom ou ruim para restaurantes?

Hoje o Blog da CMV vai trabalhar esse tema de forma que você possa ter ideias para seu estabelecimento.

Como saber se o inverno é bom ou ruim para os negócios?

A melhor forma que optamos para tratar do tema é utilizar boas práticas, ou seja, mostrar as principais estratégias de casas renomadas para fazer da estação mais fria do ano um chamariz de clientes.

Dicas de inverno para restaurante

Existem algumas práticas que fazem toda a diferença no seu estabelecimento quando as temperaturas começam a cair.

Em certos casos, a mudança é bastante simples, mas consegue trazer benefícios e, até mesmo, fidelizar clientes.

O clima está muito frio? Que tal investir, em aquecimento?

Não significa mudar a estrutura interna e fazer grandes investimentos em sistemas de aquecimento dos ambientes, afinal, não estamos na Europa.

No entanto, existem medidas que podem ser feitas de forma mais pontual, sem a necessidade de grandes obras estruturais. É o caso da instalação, nas mesas externas, de aquecedores de ambientes, por exemplo, que funcionam a gás.

Uma medida ainda mais simples é a disponibilização de almofadas e mantas higienizadas para que os clientes cubram as pernas – prática comum em estabelecimentos em regiões mais frias como Gramado (RS) e Campos do Jordão (SP).

No entanto, a criatividade e boas práticas em restaurantes devem estar focadas, geralmente, naquilo que a casa faz de melhor: o cardápio!

Cardápio para restaurantes no inverno

É assim que grandes estabelecimentos permanecem com a casa cheia durante os períodos mais frios do ano, com um cardápio atrativo e, é claro, bem quentinho!

Aqui estão algumas sugestões para que você utilize a criatividade no seu menu:

Fondues e Raclettes

Essas são opções que estão diretamente ligadas ao inverno e que exigem da gestão do estabelecimento conhecimento e programação logística para manter as mesas bem atendidas.

Além do cardápio para inverno, essa é uma opção que também funciona em outras épocas do ano como, por exemplo, no Dia dos Namorados.

Lamens

Os lamens há tempos deixaram as áreas mais alternativas da culinária oriental para cair direto como pratos queridinhos de diversos restaurantes.

Com seu preparo bastante exigente, as variedades do macarrão japonês podem dar um ar moderno e, ao mesmo tempo, tradicional ao estabelecimento – afinal, trata-se de uma cultura alimentar ancestral.

Sopas

Frio combina com? Vinho, sopas e caldinhos! Essa é uma opção menos complicada mas igualmente ideal para conquistar a clientela durante as temperaturas mais baixas.

O alimento pode ser servido, inclusive, na forma de rodízio, no modelo coma à vontade por um valor único. Faça o teste!

Gostou das sugestões? Aproveite a época mais fria do ano para inovar em seu estabelecimento. Precisa de ajuda? Conte com as ideias e soluções da CMV. Acesse nossa página clicando aqui.